Portugal: Mais que um jogador, uma equipe campeã

POR x FRACristiano Ronaldo é craque, é gênio, provavelmente vai ser coroado como o melhor jogador no mundo de 2016, mas resumir uma equipe de um esporte coletivo em apenas um jogador é ridículo. E Portugal mostrou isso. Não jogou bem na Euro, mas venceu com a garra de vários jogadores que fizeram muito mais do que golaços ou jogadas incríveis, jogaram por eles e por 11 milhões de portugueses.

A França era favorita, foi a ‘campeã’ de uma chave que era um verdadeiro ‘grupo da morte’ com os cinco campeões mundiais vindos do velho continente. Jogava em casa. A festa estava pronta. O que já se encaminhava para uma nova festa francesa no Stade de France acabou crescendo quando CR7 foi ao chão após receber uma pancada.

As lágrimas do atacante fizeram com que a torcida de Portugal entrasse em desespero, que o jogo virasse o mais sem graça dessa Euro. Mas os colegas de Ronaldo não deixaram a chance escapar. Levaram sufoco, bola na trave no final do tempo normal. Foram para a prorrogação com a expectativa de ter uma chance, apenas uma… E tiveram.

Foi na trave, foi no gol, foi Eder, foi o reserva, foi aquele em que a maioria de nós brasileiros nem sabíamos que existia. Como foi em toda a partida Rui Patrício, que fechou o gol de forma impressionante. Foi Fernando Santos, um técnico que mais parecia desesperado durante o jogo, mas que impressionou a todos ao fazer as substituições mais improváveis. Tudo deu certo.

Cristiano Ronaldo é importante, mas se não tiver mais dez, mais 22, mais uma comissão, mais uma torcida fanática, não vai a lugar nenhum. A cidade luz foi iluminada de verde e vermelho, o vinho será português, o bacalhau estará na mesa e ‘O Vira’ será tocado.

O coletivo venceu!!!

CHUPA INDIVIDUALISMO!!!

Advertisements

7 a 1 – Em 16 prints

8 de julho, dois anos do “Eterno 7 a 1”. Como relembrar o jogo é triste para o fã de futebol. Confesso algo para vocês, eu não consegui ficar triste, pois saí do estágio “alegre para a semi” diretamente para “o que aconteceu?”. Para mim nunca houve uma explicação lógica sobre o assunto. Então, o jeito é apelar para o humor, e foi exatamente o que fiz na época. Então eu trago aqui 16 reações minhas no Facebook durante a peleja entre Brasil e Alemanha. E você, lembra da sua reação na época. Comenta aí!!!

This slideshow requires JavaScript.